Mundo A Sorrir

O projeto Saúde A Sorrir de São Tomé e Príncipe, promovido pela ONG Mundo A Sorrir, recebe apoio da Embaixada da Austrália em Lisboa, no âmbito do Programa de Ajuda Direta (PAD), até Março de 2020.

O projeto tem como principal objetivo melhorar o acesso a cuidados em saúde oral da população infantil dos distritos de Cantagalo e Caué, através da criação de uma clínica dentária itinerante. O sistema portátil, adquirido com o apoio da Embaixada, está equipado com todos os instrumentos necessários para a realização de tratamentos médico dentários, sendo muito fácil de transportar para as roças/comunidades que se encontram distantes dos Centros de Saúde. Desta forma, será possível dar continuidade às atividades de assistência médico-dentária nas escolas dos distritos.

No âmbito desta parceria, entre os meses de Março e Junho de 2019, a Mundo A Sorrir já cumpriu 48% do objetivo a atingir, ou seja, 715 tratamentos médico-dentários a crianças de 14 escolas primárias, que de outro modo não teriam a oportunidade de receber tratamentos, visto que os profissionais de saúde oral existentes no país são escassos e, para além disso, encontram-se a mais de 20 quilómetros da sua área de residência. Nestes primeiros quatro meses de intervenção, o projeto contou com o apoio do Ministério da Saúde em São Tomé e Príncipe e a Câmara de Cantagalo e Caué, beneficiando 2 579 crianças.

A iniciativa despertou o interesse de todos os atores sociais, bem como da comunidade local, principalmente os adultos e idosos residentes nas roças, que procuram os médicos dentistas da Organização para tentar receber tratamentos dentários.

Para além disso, os professores devem ser exemplos positivos para um estilo de vida saudável, a Mundo A Sorrir apostou na capacitação de 77 professores das escolas primárias, sensibilizando-os para as questões da higiene geral, saúde oral e alimentação saudável. Assim, serão capazes de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde oral, junto das crianças.

Para além dos professores, 56 técnicos de saúde locais participaram em ações de capacitação, adquirindo conhecimentos acerca das boas práticas de prevenção em saúde oral. Desta forma, espera-se que integrem esta vertente da saúde na sua prática diária junto da comunidade e nos Centros de Saúde de Cantagalo e Caué, promovendo a saúde oral como uma forma de melhoria da saúde global.

Para além de aumentar os conhecimentos dos professores e técnicos de saúde locais, a Mundo A Sorrir e a Embaixada da Austrália em Lisboa pretendem que, doravante, a clínica médica itinerante seja uma ferramenta fundamental na promoção dos cuidados de saúde oral, garantindo que as crianças residentes em regiões rurais e descentralizadas tenham os seus direitos em saúde assistidos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *