Programa Nutrição

Situação atual
Pode-se considerar a desnutrição como o atraso de crescimento, sendo um indicador importante para o desenvolvimento socioeconómico de uma comunidade, bem como, um sinal de alerta indireto do elevado grau de pobreza.

No entanto, a diminuição dos resultados pode ser atribuída a um melhor acesso geográfico e financeiro aos cuidados de saúde.

Nos últimos 5 anos o nível de subnutrição tem vindo a diminuir significativamente, apesar da existência de alguns focos de desnutrição nas zonas rurais. A implementação da Estratégia Nacional para a Eliminação da Subnutrição visa atender as crianças que se espera estar em risco de desnutrição de forma a encaminha-las ao centro de saúde mais próximo para tratamento apropriado, usando suplementos terapêuticos. Outras abordagens foram iniciadas e incluem reforço da alimentação infantil adequada, programas de nutrição baseados na comunidade, reforço para alteração de comportamentos nefastos e aumento da informação e comunicação populacional.

Objetivo Geral
Promover a melhoria do estado nutricional da população são-tomense em geral e dos grupos vulneráveis em particular para reduzir de forma significativa a mortalidade e morbilidade ligados aos problemas de nutrição e de alimentação, promover também uma correta gestão da má nutrição, garantindo um bom desenvolvimento do capital humano, por forma a atingir todo o seu potencial de crescimento físico, cognitivo e imunológico.

Objetivos Específicos

Estabelecer e implementar um sistema de informação do Programa nacional de nutrição
Elaborar uma proposta para a criação efetiva de um comité nacional multisectorial e pluridisciplinar para os assuntos alimentares e nutricionais para STP;
Criar um mecanismo de acompanhamento juntamente com o PSR com vista à redução em 50% da taxa de baixo peso à nascença;
Reduzir para <5% a taxa de desnutrição crónica em STP;
Reduzir para <10% a prevalência de anemia nutricional nas grávidas, lactentes e crianças <15 anos de idade em STP;
Eliminar a carência de iodo como problema de saúde pública em STP.

Estratégias

Fortalecer a identificação precoce e a gestão da subnutrição, incluindo a resposta às suas causas subjacentes;
Fortalecer e ampliar os Programas de Nutrição Comunitária (PNC) para prevenir e gerir a desnutrição em crianças menores de cinco anos, com ênfase especial em crianças menores de dois anos, estantes e mães lactantes;
Eliminação de deficiências de micronutrientes;
Promover o apoio nutricional e a gestão de grupos vulneráveis;
Promover a segurança alimentar a nível doméstico, comunitário e nacional;
Promover a nutrição na educação pré-escolar e nos ambientes escolares;
Implementar planos distritais multissectoriais para eliminar a desnutrição;
Prevenir e gerir deficiências nutricionais e doenças relacionadas ao excesso;
Promover comunicações de mudança de comportamento para a nutrição e promover campanhas nacionais de uso de alimentos típicos tradicionais (folhas e frutas da terra);
Promover a pesquisa operacional e ampliação das melhores práticas;
Melhorar a coordenação com todos os parceiros nutricionais;
Melhorar monitorização e a avaliação das atividades de nutrição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *